Eleições Europeias 2024 – 9 de junho de 2024
Agenda Cultural 2024 (Abril, Maio, Junho)
Boletim Municipal 2021-2023
Feira de Inspiração Renascentista – 2024
Balcão Único Eletrónico já disponível. Aceda por aqui.
CROVV – Centro de Recolha Oficial de Vila Viçosa
CROVV – Centro de Recolha Oficial de Vila Viçosa
CROVV – Centro de Recolha Oficial de Vila Viçosa
VER +
Atendimento
Agenda
Notícias
Planeamento Familiar e Contraceção – Aliança de Pós Graduação (Universidade do Minho)

Planeamento Familiar e Contraceção – Aliança de Pós Graduação (Universidade do Minho)

O projeto “Aliança de Pós Graduação – Competências para o Futuro” (PRR/NextGenerationEU) da Universidade do Minho disponibilizará, até 2026, um portefólio de 119 Cursos de Curta Duração direcionados para necessidades específicas do mercado de trabalho em todos os sectores. Poderão consultar o portefólio integral aqui. Curso ‘Planeamento Familiar e Contraceção’, coordenado por Maria de Fátima Martins, Professora Coordenadora sem agreg. da Escola Superior de Enfermagem da UMinho, e em parceria com a APEO (Associação Portuguesa dos Enfermeiros Obstetras) Será lecionado em regime b-learning, entre 09 de setembro de 2024 e 01 de fevereiro de 2025. - Créditos: Curso com 12,5 ECTS - Regime: b-learning - Período Letivo: 09/09 a 01/02 - Duração: 106h (Curso Breve) Que competências poderão desenvolver os alunos do Curso Breve em Planeamento Familiar e Contraceção?  Identificar os fatores relacionados com a saúde menstrual na vida da mulher;  Explicar o programa de Saúde Sexual e Reprodutiva em Portugal, o conceito e a evolução   do Planeamento Familiar; Caracterizar a sexualidade humana numa perspetiva biopsicosociocultural;  Distinguir os métodos contracetivos com base na farmacocinética e farmacodinâmica;  Selecionar os diferentes métodos contracetivos em função das etapas do ciclo de vida reprodutivo da mulher: adolescência, adultez, pós-parto e perimenopausa; Demonstrar competências do enfermeiro especialista em saúde materna e obstétrica no processo de cuidados de enfermagem à mulher inserida na família no âmbito do Planeamento Familiar; Aplicar conhecimentos de promoção da saúde, tendo como foco a mulher e família no âmbito do Planeamento Familiar na análise de casos clínicos;  Explicar os procedimentos relacionados com a colocação e remoção de dispositivos intrauterinos, sistemas intrauterinos e contraceção progestativa subcutânea;  Aplicar técnicas relacionadas com a colocação e remoção de dispositivos intrauterinos, sistemas intrauterinos e contraceção progestativa subcutânea de acordo com padrões técnicos internacionais promovendo um ambiente seguro;  Explicar os procedimentos relacionados com a execução da citologia cervico-vaginal;  Interpretar o resultado do exame citopatológico; Aplicar técnicas relacionadas com a execução da citologia cervico-vaginal de acordo com padrões técnicos internacionais, promovendo um ambiente seguro. De realçar que todos os estudantes, maiores de 18 anos e residentes em território nacional, que venham a concluir esta formação beneficiarão, no final, da atribuição de bolsas de mérito de acordo com o modelo aprovado (ver aqui as condições). Abaixo, poderão encontrar o resumo das informações relativas ao curso – cronograma, equipa docente, plano de estudos, informações relativas à taxa de frequência, bolsas de mérito, entre outros assuntos. É de notar que, tratando-se de um curso com financiamento PRR/NextGenerationEU – Investimento Impulso Adultos, apenas poderão ser admitidos candidatos com residência fiscal em Portugal à data do funcionamento do curso e com idade igual ou superior a 18 anos.
20 de Maio
Curso de Formação – A Botânica do Azul, introdução à cianotipia

Curso de Formação – A Botânica do Azul, introdução à cianotipia

O Gabinete de Divulgação da Escola Superior Agrária de Castelo Branco (ESACB) informa que se vai realizar no próximo dia 10 de Maio de 2024 das 9:30 às 12:30 horas o Curso de Formação “A Botânica do Azul, introdução à cianotipia” A cianotipia é um processo alternativo de impressão fotográfica que foi descoberto em 1842 pelo cientista inglês John Herschel. O processo foi utilizado pela botânica inglesa Anna Atkins que, em 1843, publicou o primeiro livro ilustrado com imagens fotográficas de algas (Photographs of British Algae: Cyanotype Impressions). Relembrado o trabalho de Anna Atkins, neste curso os formandos irão aprender a técnica de cianotipia e fazer impressões fotográficas de plantas espontâneas e cultivadas. Programa: - Introdução à cianotipia; - Anna Atkins e o contexto histórico do processo; - O processo de cianotipia; - Testes de exposição com exemplares botânicos. Destinatários Atendendo à simplicidade técnica deste processo, qualquer pessoa que tenha curiosidade ou que pretenda desenvolver o seu lado criativo pode participar, sem necessidade de conhecimentos prévios de fotografia. Formador: Carlos Gaspar Reis (Prof. Adjunto da ESACB) Custo de inscrição: € 25,00 (vinte e cinco Euro) Critérios de seriação dos formandos: ordem de inscrição. Data limite de inscrição: 05 de Maio de 2024. Nota: a inscrição deve ser feita em https://goo.gl/forms/JSYPd7WzZgLQ9bpk1 Divulgação da listagem de candidatos admitidos: 06 de Maio de 2024 O número de vagas é limitado (6 vagas).
2 de Maio
Documentos
Conhecer
Acessos rápidos
Alentejo Central

CIMAC

A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central é uma pessoa coletiva de direito público de natureza associativa e âmbito territorial e visa a realização de interesses comuns aos municípios que a integram.
www.cimac.pt